INDIGNADOS COM A PREFEITA ADELIANA E COM A CÂMARA DE VEREADORES ,OS SERVIDORAS E SERVIDORES DECIDEM PELA GREVE GERAL

Com mais de 500 servidoras e servidores , a assembleia realizada na Associação de Moradores de Campinas decidiu por entrar em greve a partir do dia 27 de março.

DSC05898

Na assembleia realizada na manhã do dia 15 de março no auditório da Associação dos Moradores de Campinas, servidoras e servidores decidiram, por grande maioria, pela greve da categoria a partir do dia 27 de março. O motivo da greve é a revogação das leis 5552/16 e 5553/16 que tratam dos planos de carreira dos professores (leia mais aqui).

Em 2016 foram necessários mais de 30 dias de greve para conquistar esses direitos. Demonstrando que a prefeita Adeliana Dal Pont não cumpre acordos e que não podemos contar com um legislativo que trai os servidores públicos e, consequentemente, a população de São José.

Durante as falas foi lembrado que o momento agora é de união e que, mesmo sabendo das consequências que uma greve longa pode trazer, não podemos ter medo de lutar por nossos direitos. A greve é uma ferramenta de luta contra os ataques que estamos sofrendo.

No dia 27 de março, data inicial da greve, haverá outra assembleia na parte da manhã em local a ser definido.